Os mercados imobiliários mais e menos acessíveis do mundo | CRECI/DF
Banner topo

Brasília, 20/10/2018

Os mercados imobiliários mais e menos acessíveis do mundo

Analisando dados de 406 mercados habitacionais metropolitanos em nove países, a 14ª Pesquisa Anual de Habitação Internacional da Demografia revelou os lugares mais e menos acessíveis para moradia. Para isso, foram tomados dados do terceiro trimestre de 2017, o relatório EUA a metodologia do Word Bank para classificar o ‘múltiplo mediano’ de cada mercado – calculado pela divisão do preço médio da casa pelo rendimento médio mensal bruto agregado de uma casa.

10. SAN FRANCISCO, CALIFÓRNIA, EUA

Preço médio: US$ 900,000
Renda média por casa: US$ 99,000
Múltiplo mediano: 9.1
O custo de vida da cidade é um dos maiores do país

9. HONOLULU, HAVAÍ, EUA

Preço médio: US$ 760,200
Renda média por casa: US$ 82,500
Múltiplo mediano: 9.2
Sua política de limitar a expansão urbana e proteger seus espaços verdes levou a altos preços

8. LOS ANGELES, CALIFÓRNIA, EUA

Preço médio: US$ 636,000
Renda média por casa: US$ 67,500
Múltiplo mediano: 9.4
A área metropolitana de Los Angeles tem um dos preços que mais aumentam em relação à rendaPreço médio: US$ 649,700
Renda média por casa: US$ 69,100
Múltiplo mediano: 9.4
A severidade da inacessibilidade da habitação é agravada pelos altos custos de vida metropolitanos

7. SANTA BARBARA, CALIFÓRNIA, EUA

Preço médio: US$ 649,700
Renda média por casa: US$ 69,100
Múltiplo mediano: 9.4
A severidade da inacessibilidade da habitação é agravada pelos altos custos de vida metropolitanos

6. MELBOURNE, AUSTRÁLIA

Preço médio: US$ 817,000
Renda média por casa: US$ 82,800
Múltiplo mediano: 9.9
O múltiplo mediano dessa cidade deteriorou-se de 6.3 em 2001, devido ao aumento exponencial dos preços das casas

5. SAN JOSE, CALIFÓRNIA, EUA

Preço médio: US$ 1,165,000
Renda média por casa: US$ 112,700
Múltiplo mediano: 10.3
Essa cidade severamente inacessível teve o maior múltiplo mediano já registrado, incluindo durante a bolha imobiliária em meados dos anos 2000

4. SANTA CRUZ, CALIFÓRNIA, EUA

Preço médio: US$ 828,300
Renda média por casa: US$ 79,500
Múltiplo mediano: 10.4
A região chamada de ‘Bay Area’ é a menos acessível do país

3. VANCOUVER, CANADÁ

Preço médio: US$ 927,300
Renda média por casa: US$ 73,400
Múltiplo mediano: 12.6
Vancouver teve uma das maiores diminuições de acessibilidade nos grandes mercados

2. SYDNEY, AUSTRÁLIA

Preço médio: US$ 1,177,600
Renda média por casa: US$ 91,600
Múltiplo mediano: 12.9
O segundo maior múltiplo mediano registrado. A acessibilidade de Sydney vem piorando desde 2001

1. HONG KONG

Preço médio: US$ 6,192,000
Renda média por casa: US$ 319,000
Múltiplo mediano: 19.4
O mercado menos acessível pelo oitavo ano seguido. O múltiplo de Hong Kong é também o mais alto registrado na história da pesquisa

10= SYRACUSE, NEW YORK, EUA

Preço médio: US$ 136,700
Renda média por Casa: US$ 58,100
Múltiplo mediano: 2.4
Quase 88% de todas as casas (já existentes e novas) vendidas no quatro trimestre de 2017 foram acessíveis a famílias de renda média

10= ROCKFORD, ILLINOIS, EUA

Preço médio: US$ 122,200
Renda média por casa: US$ 51,500
Múltiplo mediano: 2.4
A cidade tem um dos impostos de propriedade mais altos do país, caminhando para um mercado que enfrentará dificuldades

10= DAVENPORT, IOWA/ILLINOIS, EUA

Preço médio: US$ 129,300
Renda média por casa: US$ 53,900
Múltiplo mediano: 2.4
Esse pequeno mercado é um dos mais acessíveis, também segundo a Associação Nacional de Construtoras Imobiliárias

10= CEDAR RAPIDS, IOWA, EUA

Preço médio: US$ 156,500 Renda média por casa: US$ 64,900 Múltiplo mediano: 2.4 A cidade teve um aumento recente, o que significa que o valor em dinheiro das casas com a finalidade de determinar o imposto sobre a propriedade aumentou

8= SCRANTON/WILKES-BARRE, PENNSYLVANIA, EUA

Preço médio: US$ 110,000
Renda média por casa: US$ 48,600
Múltiplo mediano: 2.3
A Associação Nacional de Construtoras Imobiliárias nos EUA classificou essa área metropolitana no segundo lugar de seu ranking de acessibilidade

8= SAINT JOHN, CANADÁ

Preço médio: US$ 153,200
Renda média por casa: US$ 66,200
Múltiplo mediano: 2.3
O mercado em Saint John saiu de um período difícil em 2014, e só depois disso os preços melhoraram

4= PEORIA, ILLINOIS, EUA

Preço médio: US$ 128,700
Renda média por casa: US$ 58,500
Múltiplo mediano: 2.2
A cidade central de Illinois é o terceiro mercado mais acessível do país, já que a taxa de imposto sobre a propriedade de Peoria não aumentou desde 2000

4= LIMERICK, IRLANDA

Preço médio: €120,000
Renda média por casa: €55,800
Múltiplo mediano: 2.2
A Irlanda empata com os EUA no ranking de acessibilidade da Associação, sendo que é a primeira vez que Limerick aparece no Top 5

4= FREDERICTON, CANADÁ

Preço médio: US$ 155,100
Renda média por casa: US$ 69,500
Múltiplo mediano: 2.2
Depois de atingir seu auge em 2014-15, os preços imobiliários caíram nessa cidade, resultando em um mercado melhor

4= FORT MCMURRAY, CANADÁ

Preço médio: US$ 434,700
Renda média por casa: US$ 197,400
Múltiplo mediano: 2.2
Os preços foram caindo na cidade após um incêndio danoso em 2016 e um recorde na queda do preço de combustíveis

4= UTICA, NOVA YORK, EUA

Preço médio: US$ 115,000
Renda média por casa: US$ 53,800
Múltiplo mediano: 2.1
É o segundo mercado mais acessível do país, mesmo com os preços médios subindo em mais de 100 mil

2= MONCTON, CANADÁ

Preço médio: US$ 139,400
Renda média por casa: US$ 65,300
Múltiplo mediano: 2.1
É o sexto ano consecutivo em que Moncton é o mercado mais acessível do Canadá

1. ÁREA METROPOLITANA DE YOUNGSTOWN, OHIO/PENNSYLVANIA, EUA

Preço médio: US$ 88,900
Renda média por casa: US$ 46,100
Múltiplo mediano: 1.9
Essa cidade subiu no ranking, saindo do quinto lugar em 2017 para o primeiro, e seus preços não param de cair

Fonte: Portal MsN