Quer montar uma imobiliária? | CRECI/DF
Banner topo

Brasília, 23/09/2018

Quer montar uma imobiliária?

DA REDAÇÃO CRECI/DF

Uma empresa imobiliária é sem dúvida um dos negócios mais fascinantes do mercado imobiliário brasileiro. No setor, pode atuar na intermediação de venda ou locação de imóveis, tais como: casas e apartamentos, salas e escritórios, bem como na administração de imóveis locados. Mas, lembre-se, uma imobiliária precisa ser inscrita no CRECI – Conselho Regional de Corretores de Imóveis, em Brasília, o CRECI/DF, e ter um Corretor de Imóveis, também inscrito no Conselho, como representante técnico.

Para tornar-se uma imobiliária de sucesso, é importante acompanhar o crescimento do setor e aproveitar as oportunidades de negócio que se apresentam. Este tipo de negócio desempenha um trabalho essencial de aproximação entre o interesse dos proprietários de imóveis em vender ou alugar seu bem e o desejo dos pretendentes a aquisição ou locação de tais bens, tornando-se um elo entre essas duas partes e intermediando a negociação de forma direta ou partilhada, o que torna o negócio de venda e locação de imóveis mais simples e seguro.

O segmento empresarial de imobiliária tornou-se muito importante com o crescimento das cidades, pois comprar o imóvel ideal passou a ser um processo que envolve muita pesquisa, bem como possibilitou o aumento de investimentos na área imobiliária, transformando esse mercado num dos principais componentes da economia nacional.

Mas antes de pensar em abrir as portas e começar a negociar um imóvel, o empreendedor deverá cumprir algumas exigências iniciais, entre as quais:

  • Ter um espaço físico;
  • Abrir legalmente a empresa nos órgãos competentes;
  • Registrar-se no Conselho de Classe da região (somente poderá comercializar imóveis após os devidos registros perante o CRECI , além desse registro da imobiliária junto ao CRECI deve-se também trabalhar exclusivamente com corretores devidamente registrados junto a esse Conselho)
  • Atentar à legislação que segue:

* Lei nº. 6.530, de 12 de maio de 1978. Dá nova regulamentação à profissão de Corretor de Imóveis, disciplina o funcionamento de seus órgãos de fiscalização e dá outras providências.

* Decreto nº. 81.871, de 26 de junho de 1978. Regulamenta a Lei nº. 6.530, de 12 de maio de 1978, que dá nova regulamentação à profissão de Corretor de Imóveis, disciplina o funcionamento de seus órgãos e dá outras providências.

As empresas que fornecem serviços e produtos no mercado de consumo devem observar as regras de proteção ao consumidor, estabelecidas pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC) – Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1990.O CDC regula a relação de consumo em todo o território brasileiro, na busca de equilibrar a relação entre consumidores e fornecedores.

O CDC somente se aplica às operações comerciais em que estiver presente a relação de consumo, isto é, nos casos em que uma pessoa (física ou jurídica) adquire produtos ou serviços como destinatário final. Ou seja, é necessário que em uma negociação estejam presentes o fornecedor e o consumidor, e que o produto ou serviço adquirido satisfaça as necessidades próprias do consumidor, na condição de destinatário final.

 

Com informações do SEBRAE/DF