Imóvel é opção de investimento seguro e rentável | CRECI/DF
Anuidade 2019 – Banner Topo

Brasília, 21/05/2019

Imóvel é opção de investimento seguro e rentável

Um investimento praticamente sem risco de perda e que, de quebra, garante uma rentabilidade mensal. Interessante, né?! É assim que funciona o mercado imobiliário. Historicamente, o imóvel já provou que é uma forma segura de fazer o dinheiro render, se mantendo forte mesmo em grandes crises.

O diretor da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Estado do Espírito Santo (Ademi–ES), Augusto César Andreão, afirma que agora é o momento propício para o investidor porque os preços estão estabilizados. Andreão classifica o setor como uma boa área para aplicar o dinheiro. “O imóvel valoriza mais e tem pouco risco de perda”, afirma.

Perfil

O perfil do investidor de imóveis é mais conservador, já que é uma aplicação alta, com retorno a longo prazo e poucas perdas, define Ricardo Paixão, presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon-ES). Este público prefere esperar alguns anos por rendimentos generosos, em vez de se arriscar em aplicações financeiras mais flutuantes. Para se ter uma ideia, atualmente, a rentabilidade do aluguel residencial varia de 0,5% a 0,6% ao mês.

Quem escolhe comprar um imóvel para lucrar com o aluguel deve prestar atenção ao perfil da unidade. Augusto César afirma que, se a pessoa quiser o dinheiro com mais rapidez, o aluguel é a melhor opção. “Se essa for a intenção, é interessante procurar unidade compactas, de um e dois quartos. Pois são as que possuem maior liquidez de mercado e menor custo. Também é importante escolher bairros com boa mobilidade urbana”, afirma o diretor da Ademi.

Além do perfil do imóvel, para o economista Paulo Henrique da Costa Corrêa é preciso ter estratégias para investir no mercado imobiliário. “Comprar um imóvel significa investimento de longo prazo. Pensar na região e na valorização desse local é importante para ter ganho de capital. Outra opção é comprar para ter renda proveniente de aluguel. De qualquer forma, investir em imóvel significa uma decisão com solidez, pela questão de propriedade, de você estar com aquele imóvel escriturado no seu nome”, afirma.

Para a diretora de uma incorporações, Márcia Waléria Bertaso, investir em imóveis tem sido, inclusive, uma oportunidade para as empresas desenvolverem produtos com esse foco. “Estamos com um projeto piloto para disponibilizar unidades de 1 e 2 quartos prontas e mobiliadas para a primeira locação. A estratégia considera o imóvel como uma excelente opção de investimento”.

Crédito

Com a Selic – taxas de juros básica – em baixa, o crédito imobiliário está mais fácil. Por isso, cresce o número de pessoas que pagam a parcela do financiamento com o próprio aluguel do imóvel. Uma alternativa para quem quer criar um patrimônio para o futuro sem fazer um grande investimento inicial.

Fonte: Portal G1