ALERTA DENGUE: Fique atento aos imóveis fechados | CRECI/DF
Banner Topo

Brasília, 18/02/2020

ALERTA DENGUE: Fique atento aos imóveis fechados

DA REDAÇÃO CRECI/DF

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis da 8ª Região (CRECI/DF) orienta a todos os profissionais imobiliários do DF, em principal aos que possuem unidades fechadas, para que fiquem alerta sobre os possíveis focos criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

É preciso adotar medidas simples para eliminar o mosquito:

Os principais cuidados:

Área interna:

  • Tampe os tonéis e caixas d’água;
  • Mantenha as calhas sempre limpas;
  • Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
  • Mantenha lixeiras bem tampadas;
  • Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
  • Retire água acumulada na área de serviço.
  • Retire a água do vaso sanitário e do reservatório.

Área externa

  • Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas e de hidromassagem;
  • Limpe ralos e canaletas externas;
  • Atenção com jardim: bromélias, babosa e outras plantas que podem acumular água;
  • Deixe lonas usadas para cobrir objetos bem esticadas, para evitar formação de poças d’água;
  • Verifique instalações de salão de festas, banheiros e copa.

O mosquito é de fácil identificação: parece muriçoca, mas não é! O mosquito da dengue é pequeno, de cor preta com manchas brancas em todo o corpo, patas e costas. O inseto pica durante o dia e apresenta fotofobia, por isso é recomendado abrir portas, janelas e cortinas para a luz entrar. Repelentes e inseticidas ajudam a afugentar o mosquito.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES/DF), “A dengue é uma doença febril aguda. Os principais sintomas são febre alta, náusea, vômito, manchas avermelhadas pelo corpo, dor de cabeça, dor no corpo, dor em volta dos olhos e sinais de sangramento”.

O mosquito Aedes aegypti é também o vetor de outras doenças causadas por vírus, como zika, chikungunya e febre amarela.